quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

conteúdos e exercícios artísticos para o 5º ano (1º SEMESTRE)

O QUE É ARTE?

A palavra arte é uma derivação da palavra latina “ars” ou “artis”, correspondente ao verbete grego “tékne”. O filósofo Aristóteles se referia a palavra arte como “póiesis”, cujo significado era semelhante a tékne. A arte no sentido amplo significa o meio de fazer ou produzir alguma coisa, sabendo que os termos tékne e póiesis se traduzem em criação, fabricação ou produção de algo.

Assim, entre os povos ditos primitivos, a arte, a religião e a ciência estavam juntas na figura do xamã, que era artista (músico, ator, poeta, etc.), sacerdote e médico.

Este era o sentido que os gregos, na época clássica (século V a.C.), entendiam a arte: não existia a palavra arte no sentido que empregamos hoje, e sim "tekné", da qual originou-se a palavra "técnica" nas línguas neo-latinas. Para eles, havia a arte, ou técnica, de se fazer esculturas, pinturas, sapatos ou navios.

A arte existe desde que há indícios do ser humano na Terra. Ao longo do tempo, a função da arte tem sido vista como um meio de espelhar nosso mundo (naturalismo), para decorar o dia-a-dia e para explicar e descrever a história e os diversos eus que existem dentro de um só ser (como pode ser visto na literatura) e para ajudar a explorar o mundo e o próprio homem.

Estilo é a forma como a obra artística se mostra. O ser que faz arte é definido como o artista. O artista faz arte segundo seus sentimentos, suas vontades, seu conhecimento, suas idéias, sua criatividade e sua imaginação, o que deixa claro que cada obra de arte é uma forma de interpretação da vida.

Os avanços tecnológicos contribuem de uma forma colossal para criar acessibilidade entre a pessoa que deseja desfrutar da arte e a própria arte. A pessoa e a obra se unem então, por diversos meios, como os rádios (para a música), os museus (para pinturas, esculturas e manuscritos), e a televisão, que talvez seja, entre esses itens citados, o que mais capacidade tem para levar a obra artística a um número grande de interessados, por utilizar diversos sentidos (visão, audição) e por utilizar também satélite. A própria Internet é fonte de transmissão entre a obra e o interessado, com sites (que distribuem E-books e por softwares especializados em conectar o computador do usuário a uma rede com diversos outros computadores).

Entretanto, exploradores, comerciantes, vendedores e artistas de público (palhaços, malabaristas, ator, etc.) também costumam apresentar ao público as obras, nos mais diversos lugares, de acordo com suas funções. A arqueologia transmite idéias de outras culturas; a fotografia é uma forma de arte e está acessível por todos os cantos do mundo; e também por almanaques, enciclopédias e volumes em geral é possível conhecer a arte e sua história. A arte está por todos os cantos, pois não se restringe apenas em uma escultura ou pintura, mas também em música, cinema e dança.

A partir da compreensão do texto: O que é arte? , Escreva sobre:
1.       O significado da palavra Arte:
___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

2.       A função da arte ao longo do tempo:
___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
3.       A definição do que é um artista:
____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
4.       Agora, crie um desenho que represente a linguagem artística.

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
A ARTE DA PRÉ-HISTÓRIA
Um dos períodos mais fascinantes da história humana é a Pré-História. Esse período não foi registrado por nenhum documento escrito, pois é exatamente a época anterior à escrita. Tudo o que sabemos dos homens que viveram nesse tempo é o resultado da pesquisa de antropólogos, historiadores e dos estudos da moderna ciência arqueológica, que reconstituíram a cultura do homem.
Divisão da Pré-História
PALEOLÍTICO INFERIOR
aproximadamente 5.000.000 a 25.000 a.C.; primeiros hominídios; caça e coleta; controle do fogo; e instrumentos de pedra e pedra lascada, madeira e ossos: facas, machados.
PALEOLÍTICO SUPERIOR
A principal característica dos desenhos da Idade da Pedra Lascada é o naturalismo. O artista pintava os seres, um animal, por exemplo, do modo como o via de uma determinada perspectiva, reproduzindo a natureza tal qual sua vista captava. Atualmente, a explicação mais aceita é que essa arte era realizada por caçadores, e que fazia parte do processo de magia por meio do qual procurava-se interferir na captura de animais, ou seja, o pintor-caçador do Paleolítico supunha ter poder sobre o animal desde que possuísse a sua imagem.  
Acreditava que poderia matar o animal verdadeiro desde que o representasse ferido mortalmente num desenho. Utilizavam as pinturas rupestres, isto é, feitas em rochedos e paredes de cavernas. O homem deste período era nômade.
     Os artistas do Paleolítico Superior realizaram também trabalh
os em escultura. Mas, tanto na pintura quanto na escultura, nota-se a ausência de figuras masculinas. Predominam figuras femininas, com a cabeça surgindo como prolongamento do pescoço, seios volumosos, ventre saltado e grandes nádegas. Destaca-se: Vênus de Willendorf.
Neolítico
A fixação do homem da Idade da Pedra Polida, garantida pelo cultivo da terra e pela manutenção de manadas, ocasionou um aumento rápido da população e o desenvolvimento das primeiras instituições, como família e a divisão do trabalho. Assim, o homem do Neolítico desenvolveu a técnica de tecer panos, de fabricar cerâmicas e construiu as primeiras moradias, constituindo-se os primeiros arquitetos do mundo.
Conseguiu ainda, produzir o fogo através do atrito e deu início ao trabalho com metais.
Todas essas conquistas técnicas tiveram um forte reflexo na arte. O homem, que se tornara um camponês, não precisava mais ter os sentidos apurados do caçador do Paleolítico, e o seu poder de observação foi substituído pela abstração e racionalização. Como conseqüência surge um estilo simplificador e geometrizante, sinais e figuras mais que sugerem do que reproduzem os seres. Os próprios temas da arte mudaram: começaram as representações da vida coletiva.
Além de desenhos e pinturas, o artista do Neolítico produziu uma cerâmica que revela sua preocupação com a beleza e não apenas com a utilidade do objeto, foram produzidas  também esculturas de metal.
Na arquitetura, desse período temos as construções denominadas dolmens. Consistem em duas ou mais pedras grandes fincadas verticalmente no chão, como se fossem paredes, e uma grande pedra era colocada horizontalmente sobre elas, parecendo um teto. E o menir que era monumento megalítico que consiste num único bloco de pedra fincado no solo em sentido vertical.
O Santuário de Stonehenge, no sul da Inglaterra, pode ser considerado uma das primeiras obras da arquitetura que a História registra. Ele apresenta um enorme círculo de pedras erguidas a intervalos regulares, que sustentam traves horizontais rodeando outros dois círculos interiores. No centro do último está um bloco semelhante a um altar.
O conjunto está orientado para o ponto do horizonte onde nasce o Sol no dia do solstício de verão, indício de que se destinava às práticas rituais de um culto solar. Lembrando que as pedras eram colocadas umas sobre as outras sem a união de nenhuma argamassa
IDADE DOS METAIS
*aparecimento de metalurgia
*aparecimento das cidades
*invenção da roda
*invenção da escrita
*arado de bois

Existem várias cavernas pelo mundo, que demonstram a pintura rupestre, algumas delas são:
Caverna de ALTAMIRA
Espanha, quase uma centena de desenhos feitos a 14.000 anos, foram os primeiros desenhos descobertos, em 1868. Sua autenticidade, porém, só foi reconhecida em 1902.
Caverna de LASCAUX
França, suas pinturas foram achadas em 1942, têm 17.000 anos. A cor preta, por exemplo, contém carvão moído e dióxido de manganês.
EXERCÍCIO ARTÍSTICO
Leia com atenção o texto sobre a Arte da Pré-história e responda:
1.       Como divide-se a pré-história?
_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
2.       A principal característica dos desenhos da Idade da Pedra Lascada é o naturalismo. Explique como era o desenho no naturalismo da arte pré-histórica.
____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
3.       Qual a explicação mais aceita para entender o motivo que levou o artista pré-histórico a pintar nas paredes das cavernas?
___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
4.       A fixação do homem da Idade da Pedra Polida, garantida pelo cultivo da terra e pela manutenção de manadas, ocasionou um aumento rápido da população e o desenvolvimento das primeiras instituições, como família e a divisão do trabalho. Que mudanças ocorreram na arte com todo esse avanço técnico?
___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
5.       Constituindo-se como os primeiros arquitetos do mundo, o que criaram os homens do neolítico?
____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
6.       A que destinava-se o Santuário de Stonehenge, localizado no sul da Inglaterra, considerado uma das primeiras obras da arquitetura que a História registrou?
____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Na América, além da arte rupestre pré-histórica, é encontrada a arte chamada de pré-colombiana, fruto do trabalho de astecas, maias e incas. São esculturas, pinturas, e grandes templos construídos com pedras.
No território brasileiro existem vários sítios de arte rupestre pré-histórica.
No Brasil, os desenhos de diferentes épocas sugerem rituais, animais, cenas de luta ou mesmo representações geométricas. Estudos têm apontado a possibilidade de alguns desenhos representarem algumas noções de astronomia.
A arte rupestre brasileira, diferente do que ocorre em outros países, não é preservada devidamente. Apesar de tratar-se de um patrimônio histórico (ou pré-histórico) o descuido, queimadas, a ação de empresas de mineração, e as depredações típicas de turistas (como carregar lembranças) e dos pichadores (vândalos), é uma ameaça a esse patrimônio de valor inestimável.
As mais antigas manifestações de pinturas rupestres no Brasil encontram-se na Serra da Capivara, no Piauí, datando de mais de 10 mil anos antes de Cristo. Em Pedra Pintada, na Paraíba, foram encontradas pinturas com cerca de 11 mil anos de idade e, em Minas Gerais, chamam atenção os registros de arte rupestre localizados em várias cavernas do Vale do Peruaçu, que se distinguem por seus raros desenhos de padrões geométricos, executados entre 2.000 e 10.000 anos atrás. São igualmente dignas de menção as pinturas de animais descobertas em grutas calcárias no Vale do Rio das Velhas, em Lagoa Santa, Minas Gerais.
Na documentação arqueológica brasileira predominam o uso de materiais como osso, chifre, pedra e argila, para a confecção de objetos utilitários (recipientes, agulhas, espátulas, pontas de projétil), adornos (pingentes e contas de colar) e cerimoniais, atestando uma preocupação estética observável, sobretudo, na extraordinária variação de formas geométricas e no tratamento das superfícies e dos retoques.


CONHECENDO GEORGES SEURAT

Era uma vez ..... um garoto que gostava muito de desenhar.
Ele foi crescendo e seus pais o matricularam em uma escola de desenho.Seu nome era Georges Seurat, e seu nome é diferente porque ele era francês.
Seurat gostava também de saber as novidades que os cientistas descobriam e ficou muito interessado quando aprendeu como os nossos olhos vêem os objetos e as cores.
Sabendo disso e desenhando muito bem, ele começou a pintar de uma forma diferente dos outros pintores. Ao invés de misturar as tintas na paleta(tipo de "prato" onde os artistas misturam as tintas) ele colocava pontos de cores puras lado a lado na tela e o olho de quem olhasse a sua pintura veria o colorido que as cores misturadas formavam.
Essa forma de pintar recebeu o nome de PONTILHISMO e uma das pinturas mais conhecidas que Seurat fez foi a " Tarde de domingo na Ilha de Grand Jatte" .Ele ficava muito tempo passeando sob o sol nesta ilha ( no Rio Sena nos arredores de Paris) até que fez essa pintura em uma tela muito grande (206 cm x 306 cm) e hoje ela está em um museu (Instituto de Arte de Chicago -Est.Unidos).
Para conhecer!
1.      O que é o Pontilhismo?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
Os elementos visuais constituem a substância básica daquilo que vemos, e seu número é reduzido: o ponto, a linha, a forma, a direção, o tom, a cor, a textura, a dimensão, a escala e o movimento. Por poucos que sejam, são a matéria-prima de toda informação visual em termos de opções e combinações.
O ponto
 É a unidade de comunicação visual mais simples e irredutivelmente mínima.
Dois pontos são instrumentos úteis para medir o espaço no meio ambiente ou no desenvolvimento de qualquer tipo de projeto visual. Aprendemos cedo a utilizar o ponto como sistema de notação ideal, junto com a régua e outros instrumentos de medição, como o compasso.
Quando vistos, os pontos ligam-se, sendo, portanto, capazes de dirigir o olhar. Em grande número e justapostos, os pontos criam a ilusão de tom, de forma, de luz ou de cor.
Quando os pontos estão tão próximos entre si que se torna impossível identificá-los individualmente, aumenta a sensação de direção, e a cadeia de pontos transforma-se num outro elemento visual distintivo: a linha.
A LINHA
Um ponto em movimento gera uma linha.
 Assim uma linha é constituída por um conjunto de pontos.
 “A linha pode ser definida como o percurso de um ponto - Leonardo da Vinci"
O comprimento é a única medida que uma linha pode ter e a sua representação no espaço é infinita.
A linha evidencia as formas e tem uma função técnica e expressiva na representação e comunicação visual.
O PLANO
O plano é caracterizado por duas dimensões: comprimento e largura.
Tem uma área mas os seus limites não estão definidos, tendo todos os pontos que o constituem na mesma superfície.


Quando fazemos uma planificação, desenhamos no plano o projeto ou o estudo de um trabalho.
 Diz-se bidimensional por ter só duas dimensões

 ( comprimento e largura ).



As formas bidimensionais podem ser: desenho, esboço, gravura, fotografia, manchas, cartaz, logotipo, etc.

 
EXERCÍCIO ARTÍSTICO

Sobre os Elementos Visuais de Composição, relacione:
1.      Ponto     2. Linha     3. Plano
(   ) evidencia as formas e tem uma função técnica e expressiva na representação e comunicação visual.
(   ) é caracterizado por duas dimensões: comprimento e largura.
(   ) É a unidade de comunicação visual mais simples e irredutivelmente mínima.
A ARTE DA MESOPOTÂMIA
A arte da Mesopotâmia desenvolveu-se ao longo de muitos séculos, perpassando por diferentes civilizações, não sendo, portanto, muito coesa em suas manifestações. Os povos mesopotâmicos são as civilizações que se desenvolveram na área das terras férteis localizadas entre os rios Tigre e Eufrates. Entre eles estão os sumérios, os assírios e os babilônios.

Arquitetura

A arquitetura, a mais desenvolvida das artes, não era porém tão notável quanto a egípcia. Caracterizou-se pelo exibicionismo e pelo luxo. Construíram templos e palácios, que eram considerados cópias dos existentes nos céus, de tijolos, por ser escassa a pedra na região. O zigurate, torre de vários andares, foi a construção característica das cidades-estados sumérias. Nas construções, empregavam argila, ladrilhos e tijolos.

 Escultura

Muitas obras de escultura mesopotâmica se perderam por terem sido executadas em argila. Estátuas de pedra ou outros materiais mais resistentes são raras, e representam sempre a realeza ou altos dignitários.

 Pintura

Na pintura os artistas se utilizavam de cores claras e reproduziam caçadas, batalhas e cenas da vida dos reis e dos deuses.

 Cerâmica e ourivesaria

A produção de objetos de cerâmica alcançou notável desenvolvimento entre os persas, que utilizavam também tijolos esmaltados. Além disso, na Mesopotâmia a ourivesaria era uma das atividades artísticas mais importantes. Estatuetas de cobre, colares e braceletes, assim como utensílios trabalhados em ouro e prata com incrustações de pedras eram muito comuns, e com estilos variados dada a diversidade de povos que ocuparam a região.



A ARTE EGÍPCIA
As artes no Egito Antigo estavam muito relacionadas com a vida religiosa. A maioria das estátuas, pinturas, monumentos e obras arquitetônicas estavam ligados, direta ou indiretamente, aos temas religiosos.
Pintura Egípcia

Grande parte das pinturas eram feitas nas paredes das pirâmides. Estas obras retratavam a vida dos faraós, as ações dos deuses, a vida após a morte entre outros temas da vida religiosa. Estes desenhos eram feitos de maneira que as figuras eram mostradas de perfil. Os egípcios não trabalhavam com a técnica da perspectiva (imagens tridimensionais). Os desenhos eram acompanhados de textos, feitos em escrita hieroglífica (as palavras e expressões eram representadas por desenhos).
As tintas eram obtidas na natureza (pó de minérios, substâncias orgânicas, etc).

Escultura Egípcia

Nas tumbas de diversos faraós foram encontradas diversas esculturas de ouro. Os artistas egípcios conheciam muito bem as técnicas de trabalho artístico em ouro. Faziam estatuetas representando deuses e deusas da religião politeísta egípcia. O ouro também era utilizado para fazer máscaras mortuárias que serviam de proteção para o rosto da múmia.

Arquitetura Egípcia

Os egípcios desenvolveram vários conhecimentos matemáticos. Com isso, conseguiram erguer obras que sobrevivem até os dias de hoje. Templos, palácios e pirâmides foram construídos em homenagem aos deuses e aos faraós. Eram grandiosos e imponentes, pois deviam mostrar todo poder do faraó. Eram construídos com blocos de pedra, utilizando-se mão-de-obra escrava para o trabalho pesado.
Exercício artístico

1.       A arte da Mesopotâmia e do antigo Egito foram magestosas em suas criações arquitetônicas. O que diferencia a arquitetura egípcia da mesopotâmica?
_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
2.       A escultura mesopotâmica representava:__________________________________________________________________________________________________________________________________
3.       A escultura do antigo Egito representava:__________________________________________________________________________________________________________________________________
4.       Na arte da pintura mesopotâmica e egípcia, escreva sobre:
a.       O uso da cor:____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
b.      Os temas representados:_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
5.       Observe a pintura. O que ela está representando?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A COR
Quantas cores existem? Já parou para contar? Impossível dizer... tem tantas diferentes por aí que a gente nem sabe o nome de todas.
A cor é uma percepção sensorial registrada pelos nossos olhos diante da luz.

Na arte, classificamos as cores em:
Cores primárias: vermelho amarelo e azul.
São as cores mais puras que existem.
Com a mistura delas, a gente pode criar qualquer cor.
Toda pintura que você faz, sempre tem alguma das
 cores primárias (nem que sejam misturadas).
O mais curioso é que todas as cores do mundo (até as de burro quando foge) são feitas com a mistura de apenas três: vermelho, amarelo e azul – as chamadas cores primárias. Não acredita? Então, experimente misturar:
Vermelho com amarelo dá:___________________
Azul com vermelho dá:______________________
Amarelo com azul dá:______________________
Viu só? Misturando as três cores primárias a gente descobre mais três, as cores secundárias. E se a gente continuar combinando umas com as outras vai encontrar cada vez mais cores diferentes. Difícil é inventar um nome para cada uma delas...
Cores secundárias: verde, roxo e laranja.
São formadas pela mistura de duas cores primárias. O verde vem da mistura de azul com amarelo. O roxo, de vermelho com azul. E o laranja, de amarelo com vermelho.

ATIVIDADE ARTÍSTICA – RELEITURA DE OBRA DE ARTE
CONHECENDO JUAN MIRÓ
Joan Miró nasceu em Barcelona, na Espanha, em 20 de abril de 1893. Apesar da insistência do pai em vê-lo graduado, não completou os estudos. Frequentou uma escola comercial e trabalhou num escritório por dois anos até sofrer um esgotamento nervoso. Em 1912, seus pais finalmente consentiram que ingressasse numa escola de arte em Barcelona.

FAZENDO ARTE COM MIRÓ
Observe a obra, esta é uma pintura de Miró, sua obra é surrealista representa figuras distorcidas e as vezes abstratas.  Em seguida, faça a releitura da pintura, aplicando a ela novas cores (primárias e secundárias).



Um comentário: